26 de nov de 2012

Ano Liturgico



O Ano Litúrgico é nosso Calendário Católico. Ele contém as datas dos acontecimentos da História da Salvação.Não coincide com o ano civil, que começa no dia 01 de janeiro e termina no dia 31 de dezembro.

O Ano Litúrgico começa no primeiro domingo do Advento (quatro domingos antes do Natal) e termina com a festa de Cristo Rei, último domingo antes do Advento. A Liturgia é marcada pelo Domingo, dia da semana em que Cristo ressuscitou, que é tido com o principal dia de festa. O mais importante é o de Páscoa, a ressurreição do Senhor.

O calendário civil é marcado pelo movimento da Terra. O calendário litúrgico é marcado pela História da Salvação. Contudo, o calendário litúrgico se serve dos meses do calendário civil para associar determinados dias do mês a algumas solenidades e festas do Senhor, outras solenidades, festas e memórias da Mãe de Deus e dos Santos.

Os anos litúrgicos se sucedem, conforme as letras: A, B e C, porque o

rito romano possui um conjunto de leituras bíblicas que se repetem a cada três anos, nos domingos e nas solenidades. A cada ano, há uma sequência de leituras próprias, divididas em anos A, B e C.
-No ano “A” fazem-se as leituras do Evangelho de São Mateus;
-No ano “B”, as leituras do Evangelho de São Marcos e
-No ano “C”, as leituras do Evangelho de São Lucas.
O Evangelho de São João é reservado para as ocasiões especiais, principalmente as grandes Festas e Solenidades.
Durante o ano litúrgico, a Igreja tem leituras bíblicas apropriadas para cada celebração,.Há as dos santos, as solenidades e festas com leituras obrigatórias, as comemorações necessárias e as comemorações facultativas, com leituras opcionais. O calendário apresenta também leituras referentes à ressurreição de Jesus Cristo, além de diversas leituras para os Santos, Doutores da Igreja, Mártires, Virgens, Pastores e Nossa Senhora.

O ano litúrgico é dividido em tempos, conforme o tema que é celebrado, mesmo que o fato principal da celebração seja sempre o mistério de Cristo. Os cinco tempos litúrgicos são: Advento, Natal, Quaresma; Páscoa; Tempo Comum.
Conforme o tempo, os paramentos do sacerdote têm uma cor que simboliza o sentido de cada aspecto celebrado.
Advento: É o tempo do ano litúrgico que vem antes do Natal. Significa “chegada” ou “está chegando”. É uma preparação para a festa do Natal. Começa quatro domingos antes do Natal e termina no dia 24 de dezembro. A cor dos paramentos do sacerdote é roxa, porque é um tempo de preparação em que os fiéis se propõem a mudar de vida, para acolher Jesus que nasce. Uma exceção é a cor usada no terceiro domingo, chamado “Domingo Gaudete”, que significa “Domingo da Alegria”
Natal: Festa do nascimento de Jesus, celebrada no dia 25 de dezembro. O tempo do Natal vai do dia 25 de dezembro até duas semanas depois, com a festa de Maria, Mãe de Deus, no dia primeiro do ano, e a Epifania do Senhor, chamada de dia de Reis, no domingo mais próximo ao dia 06 de janeiro. A cor dos paramentos é o branco,símbolo da alegria.
Quaresma: Tempo que dura quarenta dias e vai desde a quarta-feira de cinzas até o sábado na véspera do Domingo de Ramos. A cor dos paramentos é roxa, sinal de penitência e humildade. A penitência da Quaresma deve ajudar a conversão, que se faz pela prática da oração, jejum e esmola. No quarto domingo da Quaresma os paramentos podem ser de cor rosa, antecipando a alegria da ressurreição. Durante a Quaresma não se reza ou canta o Glória nem o Aleluia.
Páscoa: Festa da ressurreição de Cristo. É a Eucaristia mais solene do ano litúrgico, sinal de vida nova, depois da conversão acontecida na Quaresma.

Começa com a vigília Pascal e se estende até o domingo de Pentecostes. Os paramentos devem ser da cor branca e o Círio Pascal deve ser mantido junto ao altar.
Tempo Comum: É o tempo mais longo do ano litúrgico. São 33 ou 34 semanas em que não se celebra nenhum aspecto especial do mistério de Cristo. Distribui-se por dois momentos distintos do ano: o que fica entre a Epifania e a Quaresma e o que percorre o longo período de Pentecostes ao Advento.

Durante o Tempo Comum a cor litúrgica é o verde.

O Ano Litúrgico possui um significado próprio, de tempo de vivência cristã na caminhada da comunidade, onde todos têm a oportunidade de viver e crescer na fé, no testemunho e no compromisso com o projeto de Jesus. Que o Senhor Jesus nos ajude a vivermos plenamente o final deste Ano Litúrgico, para iniciarmos um novo ano mais firmes e fieis à Palavra de Deus.

*Com algumas midicações !

Via : http://www.paraiso.org.br/2012/10/de-olho-no-paraiso-out-nov2012-catequese/
Por:  Valdelice – Catequese

Nenhum comentário:

Postar um comentário